Visitando os EUA para negócios

By:
April 21, 2015, 7:29 pm
Imigração
A- A+

Se ­você precisa vir aos Estados Unidos para conduzir negócios, o Visto B-1 de visitante para negócios é normalmente o passo inicial. É geralmente rápido e não dispendioso de se conseguir. Esse visto permite a entrada aos Estados Unidos por período de tempo necessário para concluir a sua atividade de negócios. Em geral, a categoria do visto B não-imigrante cobre a visita de negócios (B1) e lazer (B2). Dentre a vasta maioria de imigrantes que entram aos Estados Unidos a cada ano, assim o fazem como visitantes não-imigrantes na categoria do visto B. ­ 

Geralmente, as estadias nos Estados Unidos sob essa categoria são breves, e envolvem tais atividades em conduzir negócios em favor de um empregador de país de fora. Entretanto, um visto B-1 pode também ser usado para certos missionários religiosos. Um turista B-1 não pode estar envolvido em emprêgo enquanto nos Estados Unidos e não pode participar de nehum programa de estudo acadêmico (com algumas poucas exceções, discutidas mais tarde).  

Informação básica

Por quanto tempo você póde permanecer nos Estados Unidos com um visto de turista para negócios? Em situação diferente à dos visitantes de negócios que entram com os vistos E ou L, a maioria das estadias de vistos de negócios sob a categoria B, são curtas. Normalmente o período autorizado de estadia é de três (3) meses. Entretanto, em certos ca­sos, é possivel obter-se um período de admissão de até um (1) ano na entrada inicial nesse país. Essa exceção à regra da extensão de seis (6) meses é feita a certos missonários. Além do mais, prolongamentos para estadia são concedidos, mas não por mais de seis meses a cada vez. O tempo total nessa categoria é limitado a um (1) ano. Os membros da família portadores do visto B-1 podem receber prorrogações coincidindo com o período de tempo de estadia autorizado ao visitante B-1. Na prática, ao visitante B-1 é concedido apenas um período de entrada necessário para conduzir o seu negócio. A maioria de tais visitantes são aprovados por menos de três (3) meses. É rara a concessão de estadia por mais de seis (6) meses. Note que visitantes admitidos aos Estados Unidos como parte do Programa Piloto de Dispensa de Visto (VWPP) ou o Programa de Dispensa de Visto para entrada em Guam têm diferentes regras aplicáveis com respeito à duração e extensão de estadia. O programa de dispensa de visto tem sido colocado em efeito para visitantes de muitos países. Os nativos desses países não precisam de visto para entrar aos Estados Unidos. Veja abaixo uma explicação sobre o programa. A categoria B, não como outras categorias de não-imigrante, requer que um requerimento seja submetido junto ao Consulado dos Estados Unidos. Não existe permissão especial para ser obtida do Serviço de Imigração nos Estados Unidos antes que um visto seja emitido. O processo de requerimento de visto é direto e rápido para muitos estrangeiros, particularmente da Europa e Japão. O visto pode ser emitido por um longo periodo de validade, tal como dez anos e por um ilimitado número de entradas.

Quais são as condições que você deve obedecer caso um visto B-1 lhe seja concedido?

Mesmo antes que um visto B-1 seja aprovado, o oficial consular deve determinar se ou não a atividade contemplada pelo visitante se enquadra dentro daquelas permitidas sob o categoria B-1. Todos os postos consulares têm sido providenciados pelo Departamento do Estado com lista detalhada de atividades aprovadas. Se houverem quaisquer perguntas ou considerações, os oficiais consulares devem procurar por orientação do Departamento do Estado. Existem poucas áreas não esclarecidas na lista. Na maioria dos casos, o oficial consular resolve essas considerações sem a necessidade de consultar o Departamento do Estado. Se o Consulado fôsse consultar o Departmento do Estado a cada vez que existesse uma questão, haveria uma tremenda demora na emissão dos vistos. Na maioria das vezes, o vistitante deve chegar aos Estados Unidos numa certa data a fim de realizar a sua atribuição.

As Atividades Permitidas pelo visto de turismo B-1

Nenhum emprêgo remunerado. A mais importante condição da categoria B é que o visitante não pode se comprometer em atividade remunerada (trabalho para emprêgo) nos Estados Unidos. Apesar de tudo que você possa acreditar, o visto B-2 para visitante, na maioria dos casos, não pode se comprometer em ir à escola. Somente se o curso fôr de curta duração e somente se houver alguma situação lógica a haver com a estadia de turismo nos Estados Unidos.

Esses estabelecem o intento de não imigrante:

• O visitante está entrando aos Estados Unidos por um período de duração limitada.

• O visitante pretende sair dos Estados Unidos durante o término de sua estadia.

• Enquanto nos Estados Unidos, o visitante mantém uma residência no exterior que ele não tem intenção de abandonar.

• O visitante possui adequada situação financeira para viajar, visitar e sair dos Estados Unidos.

• O visitante se vinculará unicamente em atividades legítimas relacionadas ao negócio ou lazer.

Informações sobre Vistos de Não-Imigrante Negados

Existem dois tipos de vistos de não-imigrantes recusados. Se você teve o seu visto negado, por favor, leia a carta que você recebeu na entrevista para determinar o tipo de recusa.

221(g) - Se você recebeu uma carta dizendo que seu visto foi recusado temporariamente, de acordo com a Seção 221(g) da Lei de Imigração dos EUA, significa que o seu requerimento foi considerado incompleto. Por favor, siga as instruções dadas na carta. Caso você complete seu requerimento dentro de um ano, você não precisará pagar a taxa de 100 dólares novamente.

214(b) - Se você recebeu uma carta dizendo que seu visto foi recusado de acordo com a Seção 214(b) da Lei de Imigração dos EUA, por favor, leia a explicação completa, fornecida pelo Oficial Consular ao final da entrevista. É recomendado que você espere um ano antes de requerer um visto novamente e até que sua situação tenha mudado consideravelmente. Você terá que pagar a taxa de 100 dólares novamente quando solicitar um novo visto.

O Serviço de Informações sobre Vistos fornece informações sobre vistos de não-imigrantes e sobre procedimentos para o requerimento dos mesmos, além de agendar entrevistas quando solicitado. Uma explicação específica sobre o motivo pelo qual seu visto foi recusado não está disponível através deste serviço.

Por favor, qualquer questionamento adicional deve ser dirigido à Embaixada ou ao Consulado onde você realizou a sua entrevista. Para submeter suas perguntas, por favor, use o e-mail apropriado da lista a seguir:

Embaixada em Brasília: consularbrasil@state.gov 

Consulado do Rio de Janeiro: visainforio@state.gov 

Consulado de São Paulo: visasaopaulo@state.gov 

Consulado de Recife: recconsular@state.gov

Author: Moises Apsan
Attorney with over 35 years of experience. Past president Federal Bar Association NJ Chapter (1997-2002). Offices in New York, NY, Newark, NJ. Tel: 888-460-1800 http://www.apsanlaw.com and www.drmoises.com
Outras Noticias
Showing now
Visitando os EUA para negócios
Visitando os EUA para negócios
Source: Moises Apsan
Tuesday 21 April 2015

Notice: Undefined variable: tpalavras in /mnt/storage/sites/jornal.us/noticiasrel.php on line 55
Immigration
Monday 19 September 2016
Imigracao
Visto para brasileiros visitarem a Austrlia ser feito pela internet e sem custo
Tuesday 14 February 2012
Outros videos - visto turista, negocio
Visite www.vejatv.com Associated with Guiadoimigrante.com Vejatv.com Canal de noticias no Youtube Youtube RSS