Conecte-se com seus amigos e saiba o que eles estao lendo.

Ariela Vasserman e Freud, Jung, Sullivan...

By:
March 30, 2012, 2:34 pm
Comportamento
A- A+
`Conhece-te a ti mesmo` - Socrates
Ariela Vasserman e Freud, Jung, Sullivan...

A brasileira Ariela Vasserman, tem o título de Psy.D. - Doctor of Psychology -, e está completando seu pós-doutorado na Columbia University Medical Center – New York Presbyterian Hospital, onde também completou sua residência clínica.
Ariela é graduada pela New York University como um B.A. – Bachelor - em psicologia. Na contínua especialização da sua profissão, obteve seu doutorado na Ferkauf Graduate School of Psychology - Yeshiva University – também em Nova York.

Em 2011, se viu recompensada pelo empenho de maior aquisição de conhecimentos específicos à sua área clínica, quando recebeu o Jeffrey Sage Memorial Award for Excellence in Clinical Psychology - Prêmio Jeffrey Sage Memorial por Excelência em Psicologia Clínica.

A psicóloga Ariela Vasserman tem especialidade em vários segmentos da psiquiatria e psicologia. Sua experiência profissional deve-se também ao trabalho intenso em hospital psiquiátrico, que trata de pacientes com graves distúrbios alimentares, muito comum nos Estados Unidos, e conhecidos como: Bulimia Nervosa – após consumir o alimento, provoca-se a rejeição através do vômito ou da ingestão de laxativo; e Anorexia Nervosa – a excessiva perda de peso, causada pelo medo irracional de engordar.

Ainda na obtenção de maior prática, trabalhou como psicóloga em duas faculdades americanas: Marymount Manhattan College e Barnard College.

Em 2009, Ariela se especializou em neuropsicologia – as relações entre o cérebro e o comportamento humano -, quando estagiou na New York University Comprehensive Epilepsy Center. No início da sua carreira trabalhou no St. Luke’s Roosevelt Hospital, atendendo pacientes com vários tipos de psicoses: esquizofrenia, bipolaridade, etc…
Ariela continua tratando de vários transtornos e disturbios, e na sua lista de clientes inclui-se brasileiros e latino-americanos, que vivem o desafio da vida dupla, a compatibilidade entre as diferentes culturas, por exemplo: Brasil e EUA.

Ariela Vasserman trabalha em um consultório, onde utiliza a Terapia Comportamental Dialética (Dialectical Behavior Therapy – DBT), uma recente modalidade de psicoterapia, desenvolvida por Marcia Linehan, que tem componentes de psicoterapia individual e de grupo.

O tratamento foi criado para indivíduos com Transtornos de Personalidade Limítrofe – grave transtorno de personalidade caracterizado por desregulação emocional, raciocínio extremista e relações caóticas. Atualmente, esta terapia vem sendo utilizada com pessoas que procuram conciliar e resolver conflitos internos e externos.
Além deste trabalho, Ariela Vasserman, abriu seu próprio consultório no Upper West Side, com atendimento individual e para casais, que buscam se auto entender e melhorar a qualidade de vida - e relacionamentos. Seu trabalho utiliza teorias da psicanálise Freudiana – Sigmund Freud, Jungiana – Carl Jung, e Sullivaniana – Harry Stack Sullivan. O seu objetivo é lidar com uma abordagem centrada no paciente.

Jornal US: Ariela, o auto-descobrimento é importante em qualquer fase da vida?
Ariela Vasserman: O mais importante é o interesse e a motivação do indivíduo para começar ou re-começar um processo de auto-descobrimento. A psicoterapia é trabalhosa e requer bastante vontade e tolerância da parte do indivíduo. Isto tudo é independente de qualquer fase da vida.

JU: É possível lidar com o desconhecido que existe em nós de uma forma consciente?
AV: O ser humano muitas vezes tem a tendência de agir ou pensar automaticamente. Muitas vezes este conteúdo está fora do nosso consciente. A psicoterapia ajuda a retardar este processo automático para que o cliente possa entender ou enxergar “patterns” (padrões) que se encontram no inconsciente. Uma vez que o cliente tem o “insight” (percepção), ele tem a escolha de mudar - ou não.

JU: Quais as circunstâncias que levam as pessoas a procurar o apoio da terapia psicológica?
AV: São inúmeras as circunstâncias! Muitas pessoas procuram apoio em momentos de mudanças - positivas ou negativas. Crises, casamentos, divórcios, vícios, problemas de relacionamento, dificuldades financeiras, processos de adaptação, estas são apenas algumas. Muita gente procura ter o seu próprio espaço para compartilhar momentos íntimos sem ser julgado.

JU: A auto-sabotagem, a auto-destruição, a depressão, o complexo de inferioridade estão no mesmo “pacote”?
AV: Seria simples empacotar tudo, mas a mente humana é complexa demais. Sou da filosofia que procura entender o cliente, seu passado, seu comportamento e seus sintomas, antes de deduzir qualquer coisa e classificar tudo junto como uma só "síndrome."

JU: A psicologia atual está voltada somente para o aspecto científico?
AV: Sim e não. Os tratamentos comportamentais geralmente são baseados em anos de pesquisa. Porém, acredito que eles funcionam para sintomas específicos. A maior parte dos clientes vem com um quadro um pouco mais heterogêneo. Com as novas mudanças tecnológicas e a vontade do auto-descobrimento, sinto que a psicologia em Nova York, como no Brasil, está, mais uma vez, voltando para aspectos da psicanálise. Vejo nos meus clientes uma mistura de sede pela ciência junto com espiritualidade.

JU: E sobre a psicologia transpessoal?
AV: A psicologia transpessoal tem o foco em diversos estados de consciência.
Para atingir estes estados, vários psicólogos trabalham com hipnose, meditação, e relaxamento. Não pratico hipnose ou meditação durante minhas sessões, porém acredito profundamente na ligação entre mente e corpo. Qualquer forma que nos ajuda atingir o inconsciente, para mim, está valendo. No meu trabalho de Dialectical Behavioral Therapy (Terapia Comportamental Dialética) pratico junto com meus clientes o exercício de “Atenção Plena”. Este módulo é inspirado em práticas de meditação e nos ajuda a dirigir nossa atenção a todos os fenômenos que se manifestam nas nossas mentes e nos nossos ambientes.

JU: Qual é a sua linha de trabalho?
AV: Em primeiro lugar, foco bastante no relacionamento terapêutico, a minha relação com meus clientes e vice-versa. Trabalho atendendo indivíduos, casais e grupos. Minha linha teórica é baseada na psicoterapia psicodinâmica. Procuro entender e trazer à tona conflitos inconscientes dos meus clientes com a finalidade de ajudá-los a superar tais conflitos. Utilizo aspectos do presente de cada um e observo como estes vêm sido estruturados pelo passado. Dependendo dos sintomas e da gravidade dos problemas, utilizo técnicas comportamentais para complementar o tratamento.

Ariela Vasserman, Psy.D.  -  Psicóloga
Consultório:
Tel: (917) 539-7874
End: 20 West 86th Street, Suite 1D
New York, NY 10024.
email: ariela.vasserman@gmail.com




Author: Teresa Pinto
Teresa Pinto is the publisher of WorldFacePortFolio.com, was an Executive Producer at Globo TV Network - Rio de Janeiro - Brazil, as well as a producer of independent theater productions around the world, and holds a professional certificate as Director of Production in Brazil, and has worked with many internationally-recognized actors, directors, singers, musicians and industry technicians over the past three decades in Brazil and the United States. In New York City, Ms. Pinto is the publisher of Tropical Magazine.
Sponsors
Ariela Vasserman, Psy.D.
Brazilian Day New York 2011
Outras Noticias
Showing now
Ariela Vasserman e Freud, Jung, Sullivan...
Ariela Vasserman e Freud, Jung, Sullivan...
Source: Teresa Pinto
Friday 30 March 2012
Outros videos - ariela vasserman freud jung sullivan psicologia psychology
Visite www.vejatv.com Associated with Guiadoimigrante.com Vejatv.com Canal de noticias no Youtube Youtube RSS